Notícias



Com trabalhadores em greve, Salvador amanhece sem os trens do subúrbio, nesta sexta (5)

Os trens do subúrbio ferroviário de Salvador, que trafegam da Estação da Calçada a Paripe, amanheceram parados na manhã desta sexta (05/08).

Os trabalhadores da CTB – Companhia de Transportes da Bahia resolveram deflagrar uma greve de 24 horas, depois que a empresa ofereceu ZERO de reajuste salarial. Outro agravante, é que os rendimentos estão defasados há 11 anos, desde que os trabalhadores foram transferidos do controle da União, para o município, até chegarem ao estado.

No intuito de definir os rumos da greve, está marcada para acontecer uma assembleia da categoria, às 17 horas desta sexta, na Estação Ferroviária da Calçada.

Não é novidade para ninguém, que o sistema está funcionando “a duras penas”. Os trens estão sucateados e os trabalhadores seguem operando verdadeiros milagres para não deixar a população suburbana sem o transporte de massa. O SINDIFERRO luta por um sistema que atenda as pessoas de uma forma digna, segura e eficiente.

O SINDIFERRO – Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe lamenta profundamente os transtornos causados as 18 mil pessoas que utilizam diariamente o modal ferroviário suburbano, tendo que pagar um valor quase sete vezes maior do que como de costume, pois a passagem do ônibus custa R$ 3,30, enquanto o trem é tarifado em apenas R$ 0,50 centavos.

 



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.