Notícias



CUT Bahia pede libertação de cubanos presos nos EUA

Trabalhadores da Bahia e de Cuba estiveram unidos na manhã desta terça-feira (23) no Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia na solenidade em homenagem aos cinco trabalhadores presos de forma arbitrária nos Estados Unidos em 1988.

O engenheiro Antonio Guerrero, o caricaturista Gerardo Hernández, o economista Ramón Labañino, o instrutor de voo René González e o profissional de relações institucionais Fernando González fora presos, acusados de crimes de conspiração para cometer assassinato em primeiro grau, conspiração para a prática de espionagem, conspiração para praticar crime contra os Estados Unidos, identidade e documentos falsos e agentes não registrados de um governo estrangeiro.
 
Autor da Sessão Especial, o deputado estadual Álvaro Gomes cobrou a liberação dos presos políticos e lembrou que o Brasil e as Nações Unidas exigem que os cinco presos sejam libertados. “Enquanto os cinco heróis permanecem com seus direitos violados, os verdadeiros terroristas, como Luis Posada Carriles, o Osama Bin Laden das Américas, andam livres, leves e soltos por Miami, dando entrevistas cínicas e reveladoras às redes de televisão estadunidenses”, pontuou.
 
O presidente da CUT na Bahia, Cedro Silva também esteve presente na sessão e lembrou a independência Cubana diante do imperialismo americano. ”Assim como o Brasil, que é um país que cresce que olha e respeita o seu povo e conquista o respeito da comunidade internacional porque não se curva ao imperialismo americano que só sabe invadir as nações e prender pessoas inocentes para poder roubar as suas riquezas, Cuba também não se curvou ao imperialismo dos Estados Unidos e foi à luta”, destacou o dirigente CUTista, que ainda pediu a união internacional para a libertação dos presos políticos. “Esses cinco heróis cubanos precisam receber a solidariedade dos trabalhadores, do governo, do mundo, para que possam ser libertados. Nos não vamos descansar enquanto a gente não tiver a certeza que esses heróis foram libertados. Cubanos e cubanas fiquem sossegados, porque o povo brasileiro atuará sempre na defesa dos interesses de Cuba”, assegurou.
 
Fonte: CUT Bahia


SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.