Notícias



Em meio a protestos contra privatização, França aprova reforma de estatal ferroviária

O Senado francês aprovou nesta terça-feira (5) o projeto do governo para reformar a SNCF, operadora estatal das ferrovias em meio a protestos de trabalhadores da empresa.

O projeto de lei foi apoiado por 240 senadores, enquanto 85 votaram contra e já foi aprovado pela câmara baixa do parlamento, a Assembleia Nacional da França.

A reforma pretende introduzir a concorrência no setor ferroviário do país a partir de 2020 de forma progressiva. O setor é atualmente monopolizado pela SNCF. A medida também deixará de dar um status especial aos novos trabalhadores e mudará o status legal da empresa.

Os sindicatos franceses estão preocupados que a mudança de status possa levar a uma futura privatização da empresa.

O governo francês, no entanto, promete que a empresa permanecerá pública. O governo também se comprometeu a assumir 35 bilhões de euros da dívida de 47 bilhões de euros que a SNCF acumulou.

Os trabalhadores ferroviários estão em greve desde abril e a paralisação deve continuar em junho. Segundo o jornal francês Le Monde, a greve já custou 400 milhões de euros aos cofres públicos e continuará mesmo após a aprovação da medida.

Fonte: br.sputniknews.com

 



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.