Notícias



Governo mantém reajuste salarial zero e ferroviários dos trens do subúrbio param outra vez

Diante da falta de empenho do Governo do Estado em negociar com a categoria, os ferroviários da CTB – Companhia de Transportes da Bahia resolveram paralisar as suas atividades nos dias 05 e 06 de outubro. Por conta disso, os trens do subúrbio de Salvador, responsáveis por levar cerca de 18 mil pessoas (dia), no trajeto da Calçada até o bairro de Paripe, não irão funcionar. A decisão foi tomada em Assembleia Geral realizada no dia 27 de setembro.

Essa é terceira paralisação em menos de dois meses.

O motivo de total insatisfação da categoria ferroviária é o reajuste salarial zero oferecido pela empresa CTB; os trabalhadores pedem a inflação do período, 9,27%. Outro agravante, é que os rendimentos estão defasados há 11 anos, desde que os trabalhadores foram transferidos do controle da União, para o município, até chegarem ao estado.

O SINDIFERRO – Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe lamenta profundamente os transtornos causados aos usuários do modal ferroviário suburbano, que estão tendo que pagar um valor quase sete vezes maior do que como de costume, pois a passagem do ônibus custa R$ 3,30, enquanto o trem é tarifado em apenas R$ 0,50 centavos.

Julgamento do dissídio é adiado

Marcado para acontecer nesta quinta (06/10), o julgamento do dissídio coletivo de trabalho foi adiado para data ainda não definida.



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.