Notícias



Livro Nos Trilhos da Memória é lançado pela Fundação de Cultura

Campo Grande (MS) – Com patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC/MS) da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, a escritora Arlinda Montalvão de Oliveira lança no dia 6 de junho (quarta-feira), às 19h30, na Biblioteca Municipal Rosário Congro, em Três lagoas, o livro Nos Trilhos da Memória – Estrada de Ferro Noroeste do Brasil e o Surgimento das Cidades em Mato Grosso do Sul.
Fruto da dissertação de Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul de 2006, o livro de Arlinda Montalvão analisa, mapeia e compreende o processo pelo qual se desenvolveu a dinâmica sócio-espacial, a territorialidade e a infra-estrutura remanescente dos núcleos ferroviários edificados pela extinta Rede Ferroviária Noroeste do Brasil.
O percurso estudado pela autora compreende a passagem da estrada de ferro por Mato Grosso do Sul, cuja estrutura culminou na formação de povoamentos que deram origem a Três Lagoas, Água Clara e Ribas do Rio Pardo.
De acordo com a autora, a mobilização de homens e máquinas, o avanço da linha férrea em matas até então impenetradas e o contato com indígenas culminou na formação de núcleos urbanos e na alteração do contraste espacial.
Esta grande mobilização não contribuiu apenas para o desenvolvimento econômico e de mão de obra para as cidades, mas também para a formação de um singular caráter cultural de seus povoadores.
Segundo o livro, às margens da ferrovia se estabeleceram migrantes e imigrantes que, recém desembarcados, transitam em busca de novas oportunidades. A estação se torna então área comum de intensa confluência cultural.
Em seu livro, Arlinda desenvolve um traçado histórico-memorial sobre o papel da Estrada de Ferro na construção identitária das cidades. Hábitos, comportamentos, desenvolvimento sócio-econômico, cotidiano e arquitetura são as bases para a compreensão de todo o processo histórico.
A partir da década de cinqüenta, com o surgimento de novas vias rodoviárias, a ferrovia começa a perder suas forças e é privatizada quarenta anos depois, colocando em desuso grande parte de suas estações, hoje depredadas pelo tempo e pelo descaso.
Serviço: O livro “Nos Trilhos da Memória – Estrada de Ferro Noroeste do Brasil e o Surgimento das Cidades em Mato Grosso do Sul”, de Arlinda Montalvão de Oliveira, será lançado no dia 6 de junho (quarta-feira), às 19h30, na Biblioteca Municipal Rosário Congro, em Três Lagoas.
Fonte: Jornal Dia a Dia
Postado em 30 de maio de 2012


SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.