Notícias



Maria-fumaça faz percurso por cenário de guerra

Palco de sangrenta batalha entre as forças federais e as tropas rebeldes paulistas em 1932, o túnel no alto da Serra da Mantiqueira, na divisa dos Estados de São Paulo e Minas, hoje faz a alegria dos turistas que visitam Passa Quatro, cidade de 15,7 mil habitantes no circuito das águas do sul de Minas, a 248 quilômetros de São Paulo.

Em um trecho de ferrovia restaurado há sete anos, uma maria-fumaça de 87 anos, com vagões de madeira e decoração de época, leva os visitantes até o ponto conhecido como Garganta do Embaú, onde centenas de soldados das duas forças morreram em combate há 80 anos. No alto da serra, o trem para na estação da Rio and Minas Railway construída por ordem de D. Pedro II e inaugurada em 1884 com o nome de “Tunnel”.

O túnel de 996 metros era considerado estratégico porque se situa exatamente na divisa dos dois Estados em conflito, entre as cidades de Cruzeiro e Passa Quatro. Em um episódio marcante da batalha, as tropas paulistas chegaram a empurrar duas locomotivas para dentro do túnel, tombando-as em seguida, na tentativa de impedir a entrada em São Paulo das tropas federais de Getúlio, vindas do lado mineiro.

As paredes ainda conservam marcas de tiros em alguns pontos. Hoje com o nome de Estação Coronel Fulgêncio, a parada conta com painéis que exibem a história do confronto, com fotos e textos dando destaque à atuação do capitão médico da Força Pública de Minas Juscelino Kubitschek de Oliveira, então um jovem de 29 anos deslocado para servir à tropa na cidade.

 

Fonte: O Estado de São Paulo



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.