Notícias



A 2ª Rodada de Negociações, ACT FCA/VALE-2011/2012,

     Os resultados das reuniões de negociações, do ACT 2011/2012 da FCA/VALE, realizadas em 13 e 14/09/11, estão sendo apresentados à categoria nos locais de trabalho e servem para confirmar o alerta dos representantes sindicais, quanto aos habituais golpes da FCA/VALE para não atender aos anseios da categoria. A posição dos sindicatos é clara: rejeitar a contraproposta da empresa e continuar denunciando, tanto os abusos dos chefetes, quanto as negativas da empresa para a maioria das reivindicações.

     A palavra da empresa, para a quase totalidade das cláusulas apresentadas na Pauta de Reivindicações, se resumiu em uma só – NEGADA – inclusive, propondo renovar as MALDITAS CLÁUSULAS que acompanham os trabalhadores ao longo desses 15 anos: 45, 46, 47, 48, 49, etc…

     Ao apresentar uma proposta vazia, os representantes da empresa vieram dispostos a defender seus únicos objetivos: lucrar e lucrar. 

     Logo no dia 13/09 a indignação tomou conta da mesa de negociações, diante do desrespeito da primeira cláusula, que trata da Isonomia, reiterado ano após ano.  Os representantes sindicais protestaram com firmeza contra a posição da empresa, quando afirmaram que a FCA se caracteriza como centro de custo da VALE, discriminando seus profissionais, que não são devidamente valorizados e rechaçaram a afirmação da empresa de que a mesma tem prejuízo: “o trabalho da FCA é justamente garantir as vantagens competitivas para a VALE e seus clientes, sendo evidente que a FCA é meramente um recurso da VALE para auferir seus lucros, com isso deixando os profissionais na linha da miséria”.

A dureza da mesa de negociações, retomada no dia seguinte, se confirmou na contraproposta econômica apresentada pela empresa:

Reajuste salarial:
7,4%, incidindo sobre o salário base dos empregados a partir de

01/09/2011;

Ticket refeição:
Renovar o item 12.1 da cláusula 12 e corrigir o valor do ticket para

R$ 18,00;

Cesta Básica:
Renovar o item 12.2 da cláusula 12 do ACT atual, mantendo o valor de

R$ 140,00;
 
Diárias:
Manter o valor praticado atualmente de R$ 35,00.
     Por outro lado, a data de 14/09/11 foi registrada em ata, por orientação dos dirigentes sindicais,  com o destaque de que este é um momento da união dos sindicatos, que apesar das diferenças de pensamentos souberam constituir esse instrumento de enfrentamento ao capital: “A unidade dos ferroviários através de suas direções sindicais é um marco na história do movimento sindical no Brasil, é uma vitória de todos nós, que acreditamos na realização de um acordo digno para os trabalhadores (as) da FCA/VALE”.

     Os sindicatos convocam toda a categoria a permanecer mobilizada.  Viva os trabalhadores(as) ferroviários da FCA/VALE, porque as direções dos sindicatos têm responsabilidade, seriedade e espírito de luta em defesa dos interesses legítimos da categoria! As negociações serão retomadas em 21/09/2011.



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.