Notícias



Descarrilamento de trem deixa ferido no Norte de Minas

Um trem de carga descarrilou, na madrugada desta terça-feira, entre as localidades de Quem-Quem e Maromba, zona rural de Janaúba, no Norte de Minas Gerais. Um maquinista ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por volta das 6h30 para socorrer a vítima. A composição seguia vazia para a Bahia, onde seria carregada com óleo e gasolina. Imagens mostram um grande volume de água no local e até árvores caídas.

“Devido as chuvas de ontem, e da madrugada de hoje, próximo à linha férrea fez uma lagoa. Quando o trem passou, pelo peso, a região onde estava essa lagoa cedeu e o trem descarrilou”, explicou o tenente-coronel Waldeci Gouveia Rodrigues, comandante do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Montes Claros.

Equipes seguiram para o local em um Ford F350, mas, por conta dos estragos causados pela chuva na região o veículo não conseguiu chegar ao trem. Eles precisaram usar um trator de um morador da região para ir até a linha férrea.

Segundo o Tenente-Coronel Gouveia, dois maquinistas estavam no veículo.

Jacivaldo Lima Cruz não se feriu e conseguiu sair. Geraldo Lopes dos Santos ficou com uma das pernas presa às ferragens. Por ter passado muito tempo preso, em contato com a água e a baixa temperatura na região, ele apresentava um quadro de hipotermia. Estabilizado, ele será levado para o Hospital Regional de Janaúba.

A VLI, responsável pela composição, confirmou que as chuvas danificaram a linha férrea e informou que uma equipe técnica permanece no local. Leia a nota, na íntegra: 

“A VLI, controladora da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) registrou, nesta manhã (07) um descarrilamento no trecho entre Montes Claros e Janaúba, no Norte de Minas. As fortes chuvas no local danificaram parte da linha férrea. A equipe operacional acionou os Bombeiros e o Samu. Dois maquinistas estavam na locomotiva, receberam os primeiros atendimentos, estão conscientes e foram encaminhados para exames complementares em hospital da região. A empresa mantém uma equipe de técnicos no local. A composição não tinha carga, saiu de Montes Claros e seguia para Candeias, na Bahia.”

 

Fonte: Em.com.br



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Fax: (71) 3314-7683
Diretoria de Comunicação: Antônio Eduardo Nascimento Oliveira | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

Institutos de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. © 2017. Todos os direitos reservados.