Notícias



Os transportes de massas são alvos de interesses na AL

A Assembleia Legislativa da Bahia realizou, em 05 de maio de 2011, a  Sessão Especial, proposta pelo deputado Álvaro Gomes, sobre mobilidade urbana e a inclusão social. O mínimo que se pode constatar é que o interesse sobre os transportes de massas em Salvador está em evidência, nos últimos tempos, ou mais especificamente, o destino dos 570 milhões previstos para este fim, pelo PAC.

Os interesses em jogo não são pequenos e justificam tanto empenho de representantes do Governo Estadual e Municipal, em dar a última palavra quanto à definição do sistema de transportes a ser adotado. De fato, o que se pode constatar é que a discussão está polarizada entre os que defendem o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e os que defendem o BRT (Bus Rapid Transit). Já existem experiências de implantação de sistemas de VLT em Recife, Fortaleza, Maceió, Sobral (CE), Macaé (RJ) além de um número expressivo e crescente de outros projetos com essas características – emprego de VLTs – em elaboração no  Brasil.

Câmara Municipal 2005

A questão da mobilidade urbana, apoiada em um projeto sustentável, sempre foi uma importante bandeira de luta do SINDIFERRO. Ao longo dos 27 anos de existência da entidade, a forma determinada desta luta é visível nas diversas mobilizações em defesa dos transportes sobre trilhos. A realização de Audiências Públicas, na Câmara Municipal de Salvador (Contra a Municipalização dos Trens) em 16/09 e 23/11/2005, bem como as Sessões Especiais na Assembleia Legislativa da Bahia, em 27/03/1996 e em  10/12/ 1997 (Contra as Privatizações da RFFSA) são momentos que não podem ser esquecidos.

Assembleia Legislativa 1996

Durante a Audiência Pública, realizada em 17/02/2011, na Câmara Municipal de Salvador, o coordenador geral do SINDIFERRO Paulino Rodrigues, denunciou, mais uma vez, o caos que se instalou no transporte do subúrbio ferroviário, ameaçado de extinção, desde o momento que passou a ser administrado pela Prefeitura Municipal de Salvador. Quanto às obras do metrô, continuam paralisadas e sem sinal de luz no fim do túnel.
Para a população, sobram motivos de preocupações e incertezas. A luta pelo retorno dos trens suburbanos para a administração federal, a luta pela conclusão do metrô, com o cumprimento do projeto inicial e ampliação do mesmo e a luta pela implantação do VLT não pode parar. A necessária mobilização pelo direito a um transporte de qualidade, com segurança e pontualidade, se torna cada dia mais urgente.



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.