Notícias



Secretário-geral da Fifa elogia Fonte Nova e minimiza atraso no metrô de Salvador

Com 90% das obras concluídas e previsão de inauguração em 31 de março, no clássico Bahia x Vitória, a Arena Fonte Nova recebeu na manhã desta terça-feira o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke. O objetivo da visita era o de inspecionar o andamento dos trabalhos finais do estádio.

Valcke estava acompanhado pelo governador Jaques Wagner, prefeito ACM Neto, ministro do Esporte Aldo Rebelo e dos ex-jogadores e integrantes do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo, Ronaldo e Bebeto. O secretário da Fifa fez questão de percorrer os principais pontos da arena e se disse satisfeito com o que encontrou. “O estádio é magnífico, belíssimo. Tenho certeza que estará tudo pronto em tempo pelo que vi aqui hoje”, afirmou o secretário.

Valcke aproveitou a ocasião para abordar os problemas enfrentados na Arena Castelão. “A primeira dificuldade que vimos lá no Ceará foi com o sistema de telecomunicações. Mas já me adiantaram que aqui na Fonte Nova haverá um sistema 4G para que não tenhamos problema com isso”.

Outro ponto discutido no encontro foi a questão da mobilidade, pois a capital baiana será palco de quatro jogos da Copa das Confederações no mês de junho. E, de acordo com Valcke, não é sinal de problema o fato de Salvador ainda não possuir um metrô. “A questão é o movimento de gente que esses eventos irão trazer. Acredito que na Copa das Confederações não teremos muito fluxo como na Copa de 2014, que é o nosso principal foco”, destacou Valcke.

De acordo com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o metrô de Salvador não foi imposto como item obrigatório em nenhum dos eventos esportivos, portanto Salvador não estará menos impossibilitada em realizar os campeonatos se não inaugurar. “É uma obra para a população da Bahia. Naturalmente ficando pronta facilitará, mas não está nem no caderno de encargos da Fifa e nem no caderno de responsabilidades”, ressaltou.

O ex-jogador Bebeto demonstrou muita emoção e descreveu a alegria de ver a nova Arena Fonte Nova. “É um prazer muito grande, desde o avião, quando vi lá de cima, já me arrepiei. Quero jogar aqui e já falei com o governador que desejo é fazer um jogo preliminar de inauguração”, afirmou.

A Arena Fonte Nova terá 50 mil lugares, todos cobertos e distribuídos em três níveis de arquibancada, cerca de duas mil vagas de estacionamento, 70 camarotes (podendo chegar a 90), espaço cultural, dois restaurantes panorâmicos, 39 quiosques, 11 elevadores, 94 sanitários e acessibilidade para todo o público.

O estádio vai receber, neste ano, os seguintes jogos pela Copa das Confederações: Brasil x Itália (22 de junho), equipe campeã da África (a ser definida em fevereiro deste ano) x Uruguai (20 de junho) e a disputa do terceiro lugar (30 de junho).

 



SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TRANSPORTES FERROVIÁRIO E METROVIÁRIO DOS ESTADOS DA BAHIA E SERGIPE.
Rua do Imperador, nº 353 - Mares - Salvador-BA | Tel: (71) 3505-1263 - Tel: (71) 3505-1258
Diretoria de Comunicação: Guilhermano da Silva Filho | Jornalista: Rodolfo Ribeiro ( DRT/BA - 3452 )

SINDIFERRO. © 2021. Todos os direitos reservados.